Publicações- Juventude e violência

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 13 de 13
  • Item
    Episódio 4: juventude e polícia
    2009, O quarto episódio da série Nota 10 Segurança Pública trata de Juventude e Polícia. Em qualquer canto do planeta, jovens e policiais costumam estar de lados opostos. A garotada quer liberdade. A polícia, colocar limite na liberdade. A juventude está sempre no centro da violência, seja como vítima ou como protagonista. Como resolver o conflito? Não há uma fórmula infalível, mas existem caminhos. A série Nota 10 Segurança Pública apresentará um painel dos principais temas debatidos hoje no campo da segurança pública: a relação entre civis e policiais, a identidade das nossas polícias, o trabalho realizado por elas, sua eficiência, o protagonismo da juventude nas questões relacionadas à violência, a participação cidadã. Num passeio por esses assuntos, conheceremos experiências bem sucedidas de combate a violência e ouviremos todas as vozes interessadas na produção de políticas segurança pública.
  • Item
    Jovens e policiais: um diálogo possível?
    2016, O Documentário “Jovens e Policiais: um diálogo possível?” apresenta fragmentos do debate organizado e mediado pelas professoras Haydée Caruso, Silvia Ramos e Yuri de Moraes, ocorrido no 10º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e realizado na Universidade de Brasília, em 2016. O objetivo foi promover uma roda de conversa entre jovens e policiais, como parte dos esforços do FBSP em ampliar o necessário e crucial diálogo entre as instituições policias com a sociedade civil. Os jovens e policiais presentes falaram sobre suas experiências de vida, compartilharam angústias, violência, desafios, abusos e preconceitos que marcam suas interações no quotidiano. As narrativas explicitam a necessidade de escutarmos – uns aos outros – como um primeiro passo na busca de construir diálogos possíveis entre jovens e policiais para uma sociedade mais livre e justa para todas e todos.Caruso, Haydée; Ramos, Silvia; Moraes, Yuri Gregorio Ferreira de; Blanco, Antônio Carlos Carballo
  • Item
    Projeto juventude e prevenção da violência: eixo 2: sistematização de experiências de prevenção à violência entre jovens: relatório final
    2010-08, O presente documento constitui o relatório final do Eixo 2 do projeto Prevenção da violência entre adolescentes e jovens no Brasil: estratégias de atuação. Este relatório final concentra os principais achados da pesquisa, as recorrências, os temas sobre os quais se deve refletir mais profundamente e as orientações para se prevenir a violência entre jovens. Trata-se de um material inédito no país que visa servir de guia para as experiências em curso e as demais ações que estão por vir para enfrentar o grave problema da violência que vitimiza os jovens brasileiros alcancem o objetivo de tornar o Brasil um lugar seguro para a juventude.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Projeto juventude e prevenção da violência: relatório de atividades: síntese das ações, produtos e conclusões: janeiro de 2009 a fevereiro de 2011
    2011, Este relatório apresenta a síntese das ações, produtos e ações do projeto Juventude e Prevenção da Violência. As atividades foram divididas em 3 eixos: realização de pesquisas sobre o perfil de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade, sistematização de experiências de prevenção da violência entre jovens em todo o país e realização de seminários e produção de cartilhas de formação para gestores.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Projeto juventude e prevenção da violência: primeiros resultados
    2009, Este relatório é um compilado dos primeiros resultados do projeto Juventude e Prevenção da Violência, que reúne o IVJ, o perfil sociodemográfico, os índices de exposição à violência e os dados das capitais brasileiras.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Prevenção da violência entre adolescentes e jovens no Brasil: estratégias de atuação: relatório Sou da Paz
    2010, Este relatório tem como objetivo apresentar o processo e os resultados da primeira fase do Eixo 03 do Projeto Prevenção da Violência entre Adolescentes e Jovens no Brasil: Estratégias de Atuação. Este Eixo objetiva pensar e executar estratégias para: Contribuir para o aprimoramento e o desenvolvimento de projetos e políticas de prevenção a violência na adolescência e juventude, por meio da disseminação de conhecimentos para gestores públicos e de organizações da sociedade civil que trabalham com adolescentes e jovens.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Índice de vulnerabilidade juvenil à violência e desigualdade racial 2014
    2015, A publicação traz dois indicadores sintéticos. O IVJ – Violência, leva em conta quatro dimensões: violência entre os jovens, frequência à escola e situação de emprego, pobreza no município e escolaridade e tem como seu universo de análise municípios com mais de 100 mil habitantes. Já o IVJ – Violência e Desigualdade Racial considera o risco relativo de jovens negros e brancos serem vítimas de assassinatos, tendo as UFs como unidade de análise.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP); Brasil. Secretaria Nacional de Juventude (SNJ)
  • Item
    Índice de vulnerabilidade juvenil à violência
    2014, Este estudo reúne uma série de variáveis que são mobilizadas na explicação da associação e envolvimentos de jovens com a violência, organizadas de modo a dar um retrato da situação encontrada em municípios com mais de 100 mil habitantes. O IVJ-Violência permite, basicamente, analisar condições de vida da população jovem desses municípios, instrumentalizando os gestores de políticas de prevenção com informações capazes de aumentar a eficiência de suas ações.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Diretrizes para projetos de prevenção à violência entre jovens
    2014, Este relatório abarca as Diretrizes para Projetos de Prevenção à Violência entre Jovens. Os subsídios para as Diretrizes para Projetos de Prevenção à Violência entre Jovens apresentadas neste documento foram retirados da pesquisa realizada no Eixo 2 “Sistematização de Experiências de Prevenção à Violência entre Jovens” do Projeto Juventude e Prevenção da Violência.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Violência contra crianças e adolescentes: 2019-2021: sumário executivo
    2019-11, O trabalho que aqui se apresenta é uma compilação das informações de Boletins de Ocorrência abrangendo violências letais e não letais contra crianças e adolescentes. Com isso, pretende-se apresentar um panorama inicial sobre as dinâmicas das diferentes formas de violência que atingem as crianças e adolescentes de parte dos Estados do país. O levantamento foi realizado com base em dados de 12 Unidades da Federação1 selecionadas a partir da diferença regional e da disponibilidade de informações, tendo a finalidade de promover um olhar inédito para o contexto da violência contra crianças, por meio da compilação de dados de Boletins de Ocorrência.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Faces da (in)diferença
    2017, Faces da (in)diferença é uma ação de mobilização do Fórum Brasileiro de Segurança Pública lançada na cerimônia de abertura do 11º Encontro Anual, no dia 17 de julho de 2017. Jovens, negros e homens; mulheres, crianças, adultos e idosos; brancos ou índios; trabalhadores rurais e policiais. São várias as faces invisíveis das vítimas da violência letal. E para retratá-las proporcionalmente ao perfil sociodemográfico daqueles que morrem no país e provocar uma reflexão em torno do drama das 60 mil vidas perdidas anualmente, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública encomendou 100 ilustrações a um grupo de jovens ilustradores da nova cena artística e cultural. A proposta foi construir um painel forte e impressionista sobre quem morre no Brasil e que, acima de tudo, nos recoloque a questão sobre como podemos fazer a diferença e mudar esta realidade. Há saídas e elas passam, inicialmente, pelo reconhecimento de que esta tragédia precisa acabar!Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)
  • Item
    Índice de vulnerabilidade juvenil à violência 2017: desigualdade racial, municípios com mais de 100 mil habitantes
    2017, O Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência 2017 (IVJ 2017) é um indicador, desenvolvido pela pelo FBPS em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude a pedido da Unesco, que agrega dados relativos às dimensões consideradas chave na determinação da vulnerabilidade dos jovens à violência. A edição de 2017 tem como referência os dados de 2015 e abrange a população brasileira de 15 a 29 anos, idade estabelecida no Brasil como população jovem após a aprovação do Estatuto da Juventude (Lei no 12.852/2013), em 2013.Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP); Brasil. Secretaria Nacional de Juventude (SNJ)
  • Item
    Polícia e juventude: novas abordagens sobre prevenção da violência entre jovens
    2010-05, Esta cartilha reúne conhecimentos teóricos e práticos para orientar e inspirar a realização de projetos de prevenção da violência entre jovens. Ela fornece subsídios para abordar os principais conflitos e manifestações de violência existentes nas escolas, discutir as principais relações estabelecidas entre os diferentes atores escolares (instituição, estudantes, professores, direção e equipe técnica, funcionários, família e comunidade) e as responsabilidades no desenvolvimento de ações de prevenção da violência e convivência pacífica nas escolas e fazer recomendações e sugerir estratégias e experiências realizadas em comunidades marcadas por altos índices de violência, pautadas na resolução pacífica de conflitos, no diálogo e na participação.