Juventude e violência

Os jovens representam um quarto da população brasileira e estão entre as maiores vítimas de homicídios. A violência contra a juventude negra, especialmente, atingiu índices alarmantes no Brasil. Dessa forma, políticas de enfrentamento e prevenção da violência na juventude devem levar em consideração as diversas dimensões da vida dos jovens como educação, trabalho, família, saúde, renda, igualdade racial e oportunidades iguais para todos. Aqui você encontra as três edições do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, estudo que agrega dados relativos às dimensões consideradas chave na determinação da vulnerabilidade dos jovens à violência, em quatro dimensões: violência entre os jovens, frequência à escola e situação de emprego, pobreza no município e desigualdade, além de outras pesquisas e estudos sobre o tema da juventude.

Navegar